Morando nos EUA – Que língua as crianças falam em casa?

Recebo muitas perguntas no blog sobre como as crianças adquiriram a fluência no inglês e perguntas como “que língua eles falam em casa?”. Já comentei alguma coisa aqui e outra ali mas agora após um pouco mais de um ano morando aqui no Texas posso contar como foi o processo mas vale lembrar que cada criança é diferente e foi exatamente o que aconteceu aqui em casa pois temos dois meninos. Este blog é um espaço informal. Não sou formada em pedagogia e nem psicologia mas compartilho para quem tem interesse a minha experiência que é mais ou menos parecida com a de muito que moram por aqui. Quem tiver interesse em acrescentar nos comentários suas experiências ou até mesmo seus conhecimentos acadêmicos na área serão super bem vindos.

Na época que nos mudamos meus filhos estavam com 5 anos e 7 anos. Chegamos com muita ansiedade por desconhecer todo o processo da aquisição do novo idioma. Após duas semanas morando aqui eles já estavam frequentando a nova escola. Como já falei no blog, a escola tem um programa em paralelo voltado para estes novos alunos estrangeiros. O ESL ( English as a Second Language) funciona em um ambiente separado individual ou em grupo e pode participar em sala de aula com esta professora dando suporte em alguns exercícios, dinâmicas ou testes. Eles usavam o tablet, flash cards, aplicativos, websites e outros recursos para aumentar ao máximo o contato do novo idioma com este novo aluno que pode falar o espanhol, tão comum no Texas, chinês, árabe, russo ou qualquer outra língua.  O trabalho é o mesmo e no fim de alguns meses todos estarão se comunicando de uma maneira ou outra no novo idioma. Este programa avalia constantemente o nível do inglês dos alunos para classificar e diminuir ou não o contato com o programa. Os alunos não ficam menos que 3 anos no programa mas pode ficar mais se for necessário. Não há uma turma separada para os alunos do ESL. Os alunos estrangeiros ficam distribuídos nas diversas turmas com os americanos e os estrangeiros já fluentes.

esl

Após o término das aulas letivas, em junho, este mesmo programa, ESL, disponibiliza para alguns alunos que eles selecionam o summer school. Estas atividades gratuitas acontecem ao longo de 4 semanas em horário integral. Estas visam um maior aperfeiçoamento da língua. Todos os alunos do pre kindergarten e kindergarten (5 anos) que frequentam o ESL participam e estão disponíveis poucas vagas para as demais séries. Post sobre escola pública!!

Alguns pais colocam os seus filhos com professores particulares para oferecerem um suporte. Não foi o nosso caso. Não colocamos no Brasil em escola de inglês ou professor particular antes de virmos. Coloquei eles em um summer camp ano passado para eles terem mais contato com a língua pois o período de férias de verão aqui é muito longo. Comprei alguns livrinhos com muitas atividades com fotos para eles brincarem e ao mesmo tempo aprenderem. Assistir televisão ajuda bastante.

IMG_4613

Qualquer livraria aqui acha!! Gosto da Barnes & Noble!!

Estas acima são as maneiras que as crianças que chegam aqui fazem para adquirir o novo idioma. Este idioma será aprendido de uma forma ou outra. Acontece mais rápido para uns que para outros mas uma preocupação que eu já tinha colocado no blog (post aqui) antes de me mudar agora está cada vez mais real e mais forte. E o português? Parece mentira mas é extremamente difícil manter o português morando fora do Brasil. Dentro da minha casa os dois idiomas estão presentes o tempo todo. Converso com os meus filhos em português. É a língua que eu me expresso melhor e a que prefiro falar. Entre as crianças que as coisas mudam de figura e como colocar regras?  Os dois conversam entre eles nos dois idiomas dependendo do assunto mais em uma língua que em outra. Percebo que na medida que o tempo tem passado o português está sendo menos falado. Como meu marido tem maior fluência do que eu no inglês percebo que o meu caçula se dirige a ele mais em inglês. Meu marido sempre responde em português. Como eu na maioria das vezes não entendo sempre peço para repetir em português. Ultimamente por causa disso temos pedido mais para eles falarem em português. Estamos sempre encontrando com outros brasileiros em festas, churrascos ou simplesmente brincando aqui em casa e a língua eleita entre eles é o inglês. Natural!! Eles moram aqui mas nem por isso não deixa de cortar o meu coração em ver a língua materna sendo preterida. Alguns pais proíbem o inglês totalmente dentro de casa inclusive entre as crianças.

idiomas

O meu mais velho foi alfabetizado em português. Fala, escreve e se expressa muito bem na língua. Comete alguns erros de ortografia normais da idade mas sempre corrijo mas quem nunca né? rsrs. A aquisição do inglês aconteceu de forma tranquila e após um ano morando aqui já está fluente no idioma. A criança que já é alfabetizada em uma língua tem bem mais facilidade em ler uma segunda língua. Pelo menos foi isso que eu li em muitos artigos e exatamente o que aconteceu aqui em casa. Temos muitos livros em português que aumenta constantemente o vocabulário dele. Ele sempre se dirige a mim em português e sempre tento explicar para ele as coisas que ele me pergunta com um vocabulário mais elaborado. Ele sempre me pergunta o significado das palavras e assim vai. De vez e quando ele me conta uma piada em inglês, eu peço para ser em português mas ele argumenta que não fará sentido. Enfim, está dando super certo os dois idiomas para ele. Ele acabou de fazer 9 anos agora.

IMG_4609

Ele tem a coleção completa do Diário de um Banana em inglês!! Adora!!

IMG_4605

As duas versões do livro Diário de um Banana!! Sempre está relendo no dois idiomas!!

IMG_4610

Os livros de cabeceira aqui em casa geralmente são em português!! Eles adoram que lemos para eles antes de dormir!!

IMG_4608

Livros e revistinhas em português!!

IMG_4607

Livros em inglês!!

O meu caçula foi tudo diferente. Ele teve menos contato com o inglês quando chegamos aqui pois o pre kindergarten (PK) da escola pública era somente 3 horas por dia e só para estrangeiros não fluentes. Ele não entendia nada do que a professora falava e percebi que ele não tinha muitos amiguinhos. A professora não dava tanto suporte quanto a do mais velho que enviava atividades, flash cards para praticar em casa. O português não é tão comum por aqui no Texas como outras línguas. Tem muito mais chineses, indianos e hispânicos que brasileiros por aqui. Parecia uma creche. Recomendo para quem puder ($$) colocar em uma privada por mais horas. Imagina a Torre de babel que deveria ser a sala de aula do PK? Cada grupo de crianças falando uma língua diferente, sem alunos falantes de inglês e só ele falando português. Foi assim durante três meses. Ele ainda chegou no fim do ano letivo. O summer school o ajudou bastante com o inglês e depois o summer camp particular. O inglês só deslanchou mesmo quando ele entrou no kindergarten no final de agosto. O processo de alfabetização iria começar e também a fluência no novo idioma. E o português? O contato que ele teve com o português escrito no Brasil foi muito curto. Chegou nos EUA sem estar alfabetizado no português. Li muito a respeito da alfabetização em dois idiomas e vi que seria mais interessante alfabetizar primeiro em uma língua para depois alfabetizar na segunda. Que poderia causar atrasos no processo de alfabetização e como moramos aqui priorizamos o inglês. Deixamos o português escrito de lado. O processo de alfabetização no inglês foi fantástico. Ele terminou o ano com excelentes avaliações de leitura e atingindo todas as metas esperadas. No meio do processo de alfabetização do inglês percebemos que o meu caçula estava tendo melhoras na fluência do inglês tão animadoras que nos sentimos super seguros em introduzir a alfabetização do português. Meu marido foi super paciente neste processo. E com um pouco mais de um mês com atividades intensas diárias o meu pequeno estava lendo em português. Emoção total!! O ritmo de leitura é bem menor que no inglês mas está lendo e é o que importa neste primeiro momento para nós. Temos muitos livros e revistinhas em quadrinhos que trouxemos do Brasil que estimula bastante a leitura. Passamos um tempo sem praticar e percebemos que piorou um pouco. Então a dica é não parar com o estímulo.

IMG_4617

Este mini dicionário é muito bom para o kindergartem fazer seu para casa sozinho!! E adorei este “writing words”do método Kumon!! Os meninos curtiram fazer sozinhos!! Ajudou muito!! Recomendo!! Claro que temos muitos outros. 

IMG_4615

Esta série é a preferida do meu caçula. Compramos este mas sempre trazia outros da biblioteca da escola. Gosta também do famoso The cat in the Hat!! do Dr Seuss. São divertidos e poucas palavras!! Os educadores do Kindergarten adoram ele!!

Aqui em Houston tem muitas escolinhas e professores de português para crianças. Filhos de brasileiros que nasceram aqui tem sempre alguma dificuldade com a língua portuguesa e os pais fazem o possível para manter as duas línguas. O meu caçula em maior frequência confunde bastante a construçao e a ordem das palavras nas frases em português, inventa e esquece algumas palavras. Alguns exemplos frequentes desta confusão são: “O que é este filme sobre?”ou “Quem você está falando com?”. Eles introduzem traduções literais incomuns em português como “Posso ter” para pedir alguma coisa, inverte a posição dos adjetivos e assim muitos outros.

Então, esta foi a nossa experiência até agora!! Passaremos o mês de julho no Brasil e estou curiosa em saber como ficará esta questão da língua durante e após este período por lá. Será o primerio retorno deles!! Ansiosa para julho chegar!! Saudade do Brasil!!

Abraços e até o próximo!!

Anúncios

9 pensamentos sobre “Morando nos EUA – Que língua as crianças falam em casa?

  1. Que delícia ler este post! Muito interessante!!! Estou ansiosa pra ver como os meus irão se adaptar tb… Beijos enormes pra vocês!

  2. Daisy muito bom seus pots, antes de vir para Houston seu blog me ajudou muito e continua me ajudando. Fora as explicações e dicas que vc me passou por email.
    Muito obrigada, seu blog é um guia para as minhas dúvidas.
    Não esqueci do nosso café qdo vc voltar do Brasil marcamos.
    Ótima viagem,
    Grande beijo
    Patricia

  3. Olá, estava aqui no google procurando informação sobre escolas em Houston e me deparei com o seu blog, já ajudou um tantinho. Estamos de mudança em janeiro para o Texas e estou insegura com a escolha da escola, minha filha tem 8 anos e não fala inglês, não conheço ninguém em Houston para pedir indicações de escolas, como vc escolheu para os seus filhos?

    Obrigada e beijo =)

    • Oi Cris,
      Que bom que o blog está sendo útil.
      Quando estava decidido que iríamos nos mudar para os EUA começamos a pesquisar sobre escolas particulares e públicas ainda no Brasil. Era a maior de nossas preocupações. Após intensa pesquisa notamos que as excelentes escolas particulares são bem caras, bem mais do que eu imaginava ( descobri mais tarde que algumas escolas particulares também não aceitam crianças que não dominam a língua e com processos seletivos rigorosos, nada diferente do Brasil, certo?). Notamos também que as melhores escolas públicas, com as melhores avaliações disponíveis se concentravam nos subúrbios. Moro em Katy, gosto muito. Sugarland, Woodland, Pearland, Cypress são outras cidades/subúrbios com excelentes escolas públicas. Katy para nós fica muito bom pois meu marido trabalha a 20 minutos de carro. Ele raramente vai até Downtown, 40 minutos.

      Em Houston, tem algumas escolas públicas excelentes mas em áreas em que os aluguéis estavam na época da minha pesquisa bem altos ou disponíveis somente apartamentos que não atendiam as nossas exigências. Antes de fechar o contarto do aluguel e para evitar aborrecimento, recomendo ir até a escola e certificar na secretaria se a escola designada é exatamente esta. Acontece rezoneamento frequentemente e janeiro estará no meio do ano letivo nos EUA. As boas escolas públicas em Houston estão bem cheias. Pode acontecer deles mandarem para outra próxima e talvez não seja tão boa quanto a que você pesquisou.

      Como queríamos morar em casa, pedimos para a corretora de imóveis enviar casas nestas áreas de cobertura das escolas interessadas em Katy. Dependendo da idade do seu filho, olha também a próxima escola. As vezes a Elementary School ( geralmente até 5 série) é boa mas a Middle School ( 6, 7 e 8 séries) ou High School ( os últimos 4 anos 9, 10, 11 e 12 séries) da mesma região da casa nem tanto.

      Escrevi alguns posts sobre escola pública e o mais recente é este abaixo. Se tiver alguma dúvida que não tenha ficado claro, deixe um comentário no post. Alguma dúvida mais pessoal pode me mandar por email. blogalohouston@gmail.com

      https://alohouston.wordpress.com/2015/04/01/escola-publica-nos-eua/

      Abraços e continue participando do blog!! Boa sorte na escola!!
      Daisy

  4. O blog está sendo bem útil, a cada pesquisa me deparo com um post dele =) Gostei muito de Katy, vou pesquisar uns dias e te mandar um email com as minhas principais questões, minha filha tem 8 anos e ano que vem ela entraria no quinto ano, essa possibilidade de depois do quinto ano a escola não ser tão legal me deixou um pouco preocupada.
    Obrigada pelo retorno e logo te escrevo.

    Beijo!

  5. Oi!
    Não sabe como foi útil para paz de espírito!

    Tem dica de ecola (distrito escolar) onde morar em Houston para conseguir colocar crianças de 8 e 5 anos em escola receptiva a brasileiros?

    Com estas idades, consigo colocar na mesma escola????

    Obrigada

    • Oi Renata. Houston é bem grande. O ideal é você se identificar com algum bairro ou procurar um subúrbio perto do trabalho. Nesta idade eles ficarão na mesma escola. E assim até o 5th. Faça uma busca no mapa por escolas 10. Mande e-mail para a escola perguntando sobre o ESL. Espero que você encontre uma escola que você goste!! Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s