Escola pública x Escola privada

Adoro uma boa discussão! Entrei recentemente em um grupo fechado no facebook. Ele é formado principalmente por mães que moram em Houston. Este tema super polêmico dividiu opiniões no fórum de discussão. Colocar os filhos em escola privada ou na escola pública?
No Brasil, meus filhos estudam em uma das melhores escolas de Belo Horizonte. O Santo Agostinho é uma escola particular, tradicional, reconhecida pelo seu ensino de qualidade e alto índice de aprovação nas universidades mais disputadas. A escolha da escola foi complicada pois queríamos oferecer aos nossos filhos o que julgávamos ser o melhor e a escola estava dentro de nossas possibilidades financeiras. Ela não fica no mesmo bairro que moramos. Os meninos precisam acordar muito cedo e gera um custo elevado no transporte.
Com a mudança para os EUA, percebemos, após avaliarmos diversos fatores, que não conseguiríamos matriculá-los nas melhores escolas particulares de Houston. As escolas particulares nos EUA são muito caras. E também não queremos colocá-los em uma escola particular mediana.
Ao pesquisar sobre as escolas públicas em Houston, descobrimos que as melhores escolas estão concentradas nos melhores bairros e principalmente nos subúrbios. Precisa-se morar próximo a elas para poder frequentá-las. Tem muita escola ruim, pública ou privada, principalmente nos bairros mais pobres. O ideal seria avaliar as escolas públicas na região antes de escolher a casa para não ter como única opção as escolas privadas da região. As distâncias em Houston são grandes. Pela nossa experiência morar em um bairro e o filho ter que estudar em outro é muito desgastante.
Pelo que eu li, em torno de  90% dos estudantes americanos frequentam as escolas públicas. Percebi nos fóruns de discussão e conversando com amigos que moram nos EUA que a qualidade do ensino público tem caído bastante. Será que está acontecendo no EUA o que aconteceu com o Brasil? Lá a classe média ainda mantém seus filhos nas escolas públicas. Há uma grande preocupação com o custo das universidades. As estatísticas mostram que 27% da população americana tem curso superior. Para manter um filho na universidade varia entre 35.000,00 a 60.000,00 dólares anual, sendo este último valor o das mais conceituadas. Não é brincadeira manter 2 ou 3 filhos toda a vida em escolas privadas. Não existem universidades gratuitas. Inclusive as públicas são pagas. Existem bolsas de estudo e sistemas de cotas.
Muitas pessoas querem manter seus filhos com uma formação religiosa, ou um currículo diferente ao que é oferecido nas escolas públicas, é uma situação muito frequente. As escolas particulares tem liberdade para montarem seus currículos de ensino, isto é considerado um dos maiores prós. Outro ponto muito colocado como vantagem nas escolas particulares é o maior  acesso aos professores e também um ambiente mais aberto às mudanças. Diferente do Brasil, em que as melhores escolas particulares não aceitam muitas intervenções. Outra vantagem seria turmas menores. Mães levantaram que as crianças se tornam mais socialmente competitivas, preocupadas demasiadamente com o status social e o consumismo, pregando modismos e padrões de vestuários esbanjadores. A escola particular acaba se tornando um ambiente mais elitizado. Diferente das escolas públicas que tem turmas mais heterogêneas, mais parecido com o que  irá encontrar nas universidades e nos futuros empregos. Outra colocação levantada foi que nas escolas privadas há um consumo maior de drogas. Achei essa colocação de algumas mães super polêmica. Outro dado controverso seria  que escolas públicas teriam mais violência. Acredito que existe violência em todos os lugares e os motivos são muito complexos.
Enfim, a escolha da escola do filho é muito complexa e envolve vários fatores. O mais importante é trabalhar em conjunto com a escola, oferecer um ambiente tranquilo em casa. Estimular a leitura, a pesquisa e o desejo das crianças de sempre irem além.
Optamos em procurar uma casa nos subúrbios e não apartamento em região mais central. Ganharemos em qualidade de vida, escolas públicas de qualidade mas estaremos mais afastados do trabalho e da vida agitada dos centros urbanos.
Até o próximo post!
Anúncios

7 pensamentos sobre “Escola pública x Escola privada

  1. Bom dia, Daisy!
    Vamos nos mudar para Houston no ano que vem e estou devorando o seu blog, rs… Obrigada por todas as dicas 😉
    Tenho 2 filhos pequenos (1 e 4 anos) e gostaria de matriculá-los numa escola que siga a mesma pedagogia da escola que eles estudam aqui, que é a Waldorf.
    Encontrei 3 escolas em Hoston e a média de valor é de U$7000 por ano, período integral (8:30 às 15h). Mas não tenho noção de quanto isso significa aí. Gostaria de saber se esse é mesmo o valor aproximado das escolas particulares de Houston.
    Outra coisa, aquele programa de aprendizado de inglês para alunos e pais estrangeiros é apenas para alunos matriculados nas escolas públicas? Ou eu poderia matriculá-los em uma escola particular e participar do programa?
    Esses dias li aqui no blog sobre um grupo no facebook de brasileiros em Houston. Vc pode me adicionar por favor?
    Obrigada e parabéns pelo blog!
    Lorena.

    • Oi, Lorena, tudo bem? Eu também estou buscando uma escola Waldorf pro ano que vem. Já entrei em contato com a Great Oaks, inclusive. Se você quiser trocar figurinhas a respeito, vou adorar! Beijos

      • Legal! Esses dias me deram várias dicas no grupo do fb Brazillian moms in Houston. Veja se consegue encontrar o post lá. A Great Oaks ficará longe para nós, a Shining Star fechou, então provavelmente ficaremos com a Bayou Village. Se não tiver vaga quando formos ou não gostarmos, aí pretendo dar uma olhada nas Montessori.
        Vc já mora em Houston?
        Bjs.

  2. Oi Lorena, que bom que as dicas no blog estão te ajudando. As escolas particulares por aqui variam muito o custo mas tem uma média em torno de $15000,00 por ano. Vou te dizer que este valor de 7000,00 para período integral está bem abaixo do custo médio das escolas por aqui. Quando a criança fica na escola por um menor número de dias ou de horas o custo cai também. As creches em igrejas costumam ser as mais baratas. O Parent Center realmente é só para pais de alunos matriculados na escola pública no mesmo distrito escolar e que os filhos estejam participando do programa ESL mas Houston tem muitas universidades e colleges que abrem suas portas para programas de inglês para estrangeiro. Algumas são bem caras como a Rice, em torno de $2000,00 por módulo ( em torno de 7 semanas) , e outras nem tanto. A HCC ( Houston Community College) é uma que não é cara, $250,00 por módulo, e tem muitas unidades espalhadas. Outra opção são as aulas gratuitas em igrejas e bibliotecas. No facebook tem um grupo fechado Brazillian moms in Houston. É um grupo ótimo em que todos se ajudam com dicas dos mais diversos assuntos. Só entrar na página e pedir para participar. Muitas já participam neste grupo antes de se mudarem como foi o meu caso. Arruma um corretora antes de se mudar. Indico a que me ajudou, a Danusa Carneiro, ela é ótima!!
    Bom, espero ter te ajudado com as dúvidas.
    Abraços

  3. Bom dia Daisy,
    Feliz de ver seu posts e dicas…ajudou muito. Tenho vindo pra Houston duas vezes no ano e agora estou com planos de fazer um curso de ingles em uma universidade aqui. Mais como tenho planos de trazer minha filha que tem 15 anos e vai comecar o primeiro colegial entao vou me cadastrar no face no grupo que vc citou.
    Muito obrigada 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s