Fim de semana em Moab/Utah – Arches National Park e Canyonlands!!!

No período em que visitamos o estado de Utah no ano passado, passamos fins de semana em alguns parques nacionais que valem muito a pena!! Visitamos o Zion, o Arches e o Canyonlands que ficam em Utah, mas visitamos também o Yellowstone que ocupa uma área grande nos estados de Wyoming, Montana e Idaho. Eles são bem diferentes um do outro e são um espetáculo!!!

1632

O primeiro que visitamos foi o Arches National Park. E no dia seguinte fomos no Canyonlands National Park. Fomos de carro. A viagem durou menos de 4 horas. Saímos de Salt Lake city bem cedo e fomos direto para o parque para não pegarmos ele cheio. Ficamos hospedados em Moab, uma cidade pequena que vive do turismo dos parques nacionais. Só dormimos uma noite e fomos em um restaurante lá. Não posso dizer muita coisa, mas parece bacana!! Como estava no nosso plano percorrer vários parques nacionais, compramos o passe anual que serve para todos os parques nacionais dos EUA. Fomos no verão em uma viagem em família. Estava bem quente!!! Recomendo deixar no carro um cooler com bebidas quando for conhecer estes parques no verão.

Na entrada do Arches National Park tem uma central de atendimento que oferece muitas informações. Não tem restaurantes ou hotel dentro dele. Levar comida e água ( tem alguns pontos para encher as garrafinhas). As estradas internas são bem sinalizadas e asfaltadas. Possuem algumas áreas de picnic com banheiro. Alguns pontos de parada tem estacionamento e ficam bem cheios. Os mapas das trilhas são bem tranquilos. Escolhemos duas trilhas maiores e mais difíceis para explorar o parque. A primeira foi no Devils Garden, Double O Arch Trail, quase 7 km, por estarmos com crianças levou bem mais tempo que o guia dizia. Gastamos 4 horas ida e volta e no guia informava 2,5hs. Passamos por vários arcos nesta trilha. Vale a pena!!! Os meninos curtiram bastante pois a trilha não é nem um pouco “boring”, com alguns trechos estreitos com escaladas em pedras e trilha nas alturas. Parece que estão em obras por lá em 2017 no Devils Garden.

1214

Double O Arch

1191

1168

Landscape Arch

1193

1159

Tunnel Arch

A outra trilha foi a do Delicate Arch. Imperdível!!! A trilha tem quase 5 km. Lembrar que por ser deserto não tem muita sombra de árvores. Levar protetor solar, chapéu, óculos de sol e muita água. Esta trilha não é tão acidentada quanto a Devils Garden, mas tem um trecho longo de subida sem sombra que se torna bem puxada no verão.

1288

1341

1334

O parque fica bem cheio. Tentar chegar cedo para não pegar congestionamento. Fomos em julho/2016 e estava bem vazio. Tivemos muita sorte!!! Ao longo das estradas tem muita coisa bacana que não precisa andar grandes distâncias como o Double Arch e muitos outros. Maiores informações sobre distâncias, tempo de trilha e grau de dificuldade olhem aqui.

1440

Double Arch!!

1477

Park avenue!!!

1458

Canyolands National Park é um parque imenso que oferece diversas atividades. Separamos um dia para termos uma idéia do parque. Não fizemos tantas trilhas como no Arches. O parque oferece ao longo de suas estradas internas muitos pontos de parada com vistas incríveis. É uma excelente opção para quem não gosta ou tem dificuldades em caminhar longas distâncias. Parece um cenário de Marte!! 🙂 Não fizemos as trilhas baixas ao longo dos rios por falta de tempo e por não estarmos em um carro 4×4. Maiores informações do parque clique aqui.

1675

Colorado River!!

1782

1543 1563 1596 1654

Não deixem de visitar a Mesa Arch!! A trilha não é longa e rende boas escaladas nas pedras e vistas lindas da região. A Mesa Arch é um espetáculo. O arco está suspenso em um Incrível precipício!! Coisa de louco a natureza deste lugar!! 🙂

1733

1767

Adoramos conhecer Arches e Canyonlands!! Animamos voltar com certeza!!! No próximo post contarei a nossa aventura no Yellowstone!!!

Las Vegas com crianças!!!

Las Vegas era um destino que já tinha um bom tempo que queríamos fazer, mas e as crianças? Com quem deixar? Adiamos bastante até que surgiu a oportunidade de estarmos em Utah e resolvemos encarar com as crianças mesmo e não nos arrependemos. A viagem foi show!!

697

Fomos de carro saindo de Salt Lake City. Menos de 6 horas de estrada. Post sobre a nossa temporada em Utah. Muitos encaixam Las Vegas em uma viagem para San Francisco ou Los Angeles. Um roteiro bacana é fazer Las Vegas e o Grand Canyon. Espero fazer um dia. Meu marido estava sem condições de tirar férias então fomos no feriado 4th July. O feriado caiu em uma segunda. Foram três dias intensos!! Não é a melhor época para viajar por causa dos preços dos hotéis, mas como já falei foi uma oportunidade que não poderíamos perder. No verão o calor é intenso. Las Vegas está no meio do deserto.

Onde ficar em Las Vegas? Recomendo ficar na Strip. O trecho mais bacana, vamos dizer assim, fica entre os hotéis Wynn/Encore até o MGM/New York New York. É onde tudo acontece, bares, restaurantes e o melhor da vida noturna. Quem quiser circular a pé ou pegar taxi somente para pequenas distâncias ou deixar o carro na garagem do hotel durante toda a viagem esta parte da Strip é a melhor. Caminhar na Strip é uma delícia, muitos hotéis se comunicam e tem muitas passarelas que nos jogam dentro dos hotéis e malls. Os estacionamentos dos hotéis e casinos são gratuitos. A MGM começou a cobrar pelo estacionamento. Tomara que os outros não gostem da idéia.

408

343

273388

879

Las Vegas Strip é cheia de glamour e luxo. Parece cenário de filme. Na lista dos hotéis modernos, descolados e com uma programação noturna bem agitada destaco o Four Season, o Cosmopolitan, os da mesma rede e ligados Wynn e Encore, Mandarim, e o Aria. Claro que tem muitos outros, a lista é grande. Acho que os hotéis temáticos tem tudo a ver com Las Vegas. Adorei conhecer o Caesars Palace, Bellagio, Mirage, The Venetian, o Palazzo, Paris Las Vegas, New York New York e muitos outros. Mas também tem as redes familiares Holiday Inn, Best Western, La Quinta, resorts bacanas mais afastados, etc, enfim, tem para todos os gostos e bolsos. O que importa é a diversão!! Afinal, passamos pouco tempo dentro do quarto, não é mesmo? Sempre acontecem promoções imperdíveis nos hotéis. Vale a pena fazer uma pesquisa, principalmente em datas menos procuradas.

711

705

882 (2)

Ficamos no Paris Las Vegas. Ele é bem localizado. Ele fica em frente do famoso Bellagio e perto de muitos outros hotéis badalados de Vegas. A sua “Torre Eiffel” é vista por todos os lados!! Nada discreto. Ótima maneira de fugir do calor foi ficar na piscina do hotel, mas não queríamos perder muito tempo relaxando pois queríamos curtir a cidade. A piscina é grande. Fica do lado da torre. Excelente para as crianças!! A jacuzzi era ótima. Gostamos do quarto. No meio das férias escolares e ainda no feriado, Las Vegas estava bem família. Não sei dizer como seria em outras datas. Foi bem tranquilo!! As crianças se divertiram muito. Os adultos não preciso nem dizer. Tirando os casinos não tivemos nenhuma restrição. A circulação pelo casino era inevitável já que eles ficam na entrada dos hotéis, mas não podíamos parar ou nos aproximarmos com os meninos das máquinas e com razão. Não é ambiente para crianças. Alguns restaurantes que queríamos conhecer não tinham famílias por lá, mas achamos todos bem atenciosos com os meninos, alguns não tinham kids menu, mas não foi um problema.

Las Vegas exige uma programação para poder aproveitar o que a cidade oferece. São muitos shows acontecendo ao mesmo tempo nos hotéis e casinos, muita festa e agitação, principalmente no verão. Artistas famosos tem apresentações fixas e outros com apresentações únicas imperdíveis. Tem para todos o gostos. Vale a pena acompanhar a programação de shows na cidade e organizar a viagem para estes dias. O Cirque du Soleil tem 7 apresentações diferentes pelos hotéis de Vegas. Os ingressos acabam rapidinho. No verão tem descontos promocionais e assim esgotam mais rápido ainda. Queríamos ter assistido o espetáculo “O” no Bellagio, mas já estavam esgotados. Assistimos o e adoramos!! Os meninos nem piscavam. Outro que falam muito bem, principalmente para quem é fã dos Beatles, é o Love. Além do Cirque du Soleil, Las Vegas tem muitos outros shows de dança e musicais.

805

Assistimos um show de mágica e comédia bem familiar. The Mac King!! Os meninos riam o tempo todo das bobagens. Compramos o livro e os meninos pegaram autógrafo. Diversão total!! A cidade oferece muitos outros shows com mágicos famosos. O famoso ilusionista David Copperfield se apresenta no MGM. E sem esquecer dos shows de comédia stand up que ficará para uma próxima visita.

Conhecer os hotéis e casinos ao longo da Strip é uma atração na cidade e ainda conseguimos fugir um pouco do calor intenso. Muitas delas são gratuitas. As fontes do Bellagio são imperdíveis!! Os diferentes shows acontecem em intervalos regulares que variam de acordo com o dia da semana e meses do ano. Olhar a programação do dia.

Fomos ver os pássaros nos jardins do Flamingo Las Vegas.

Alguns hotéis em Vegas, como o Excalibur, parecem que foram criados para as crianças. Os meninos se divertiram nos games de lá. O hotel New York New York tem uma montanha russa bem radical e muitas outras atividades para a garotada!! Toda a família se diverte bastante!! Queríamos ter ido no Aquário no Mandalay Bay com os meninos, mas como ele fica mais afastado ficamos com preguiça. Outro show gratuito que deve ser bem legal para a garotada é o do Vulcão no Mirage. Os horários dos shows eram mais tarde e já tínhamos outros planos. Perdemos!! 😦

Os meninos curtiram o elevador que sobe inclinado na pirâmide do Luxor las Vegas!! Este hotel por dentro é cheio de atrações interessantes. Estava tendo uma exposição sobre o corpo humano.

875

Outros hotéis que ficam mais para o norte da Strip como o Circus e Stratosphere ficaram para a próxima visita por ficarem um pouco longe do agito. Passamos de carro.

911

Não deixem de visitar o Wynn. Ele é bem moderno, com um restaurante todo bacaninha de frente para uma parede de água, eles tem um hall bem bonito, todo decorado com flores e na entrada do hotel um show nas suas fontes (não espere nada no nível do Bellagio) !!

The Venetian te leva para a Itália. Ele tem vários restaurantes, mas não fomos em nenhum. O asiático Tao é um dos destaques de lá. Tomamos um gelato passeando no meio dos canais, pontes e gôndolas. Brincamos que os nossos filhotes já conhecem Veneza, New York e Paris. 😛

Além do show nas suas fontes, do Cirque du Soleil e muitas outras atrações, o Bellagio tem também um jardim botânico sazonal gratuito. Claro que estava bem cheio. Vale a pena a visita!!

Downtown Las Vegas. Este foi o único dia que pegamos o carro. Queríamos conhecer rapidamente a “Old Las Vegas” após o Cirque du Soleil. A Fremont Street é cheia de casinos e restaurantes. Como era 4th July, acredito que estava bem mais cheia e ainda estava tendo show ao vivo. Cheia de gente fantasiada. Diferente de Hollywood em Los Angeles e da Fremont, a Las Vegas Strip não fica cheia de artistas fantasiados a procura de tips em troca de fotos (prefiro assim).

819

E a noite de Las Vegas? Curtimos um pouquinho de tudo pois afinal estávamos com as crianças. Queríamos ter ido em uma “pool party” mas faltou noite e disposição. Acho que passei da idade. Brincadeira!! Rsrs. Em Las Vegas não tem nada disso. Todo mundo se diverte!! A produção da mulherada é grande, muito vestido curto, salto alto, maquiagem e bijous tanto de dia quanto de noite. Os homens também não ficam para trás. Os clubes noturnos estão sempre com novidades, DJs famosos e celebridades recepcionando os convidados. Muito espaço VIP. Os Tops ficam nos hotéis da Strip. Neste momento os espaços queridinhos são XS, Light, Marquee, Omnia, Drai’s, Hakkasan, Chateau e outros. Checar na época da viagem onde está melhor pois isso varia sempre. Não deixe de olhar também qual o estilo do DJ que estará no dia. A maioria tem um estilo (hip hop, rock, disco, techno e muitos outros) e alguns poucos fazem um mix. Bora se produzir galera pois a fila é chata e ninguém quer ficar do lado de fora por muito tempo, certo? Confesso que fiquei na maior preguiça de toda esta produção só para não mofar na fila, mas valeu a pena!! Muita farra!! Tem lista de convidados disponível nos sites com compra antecipada de ingressos. Boa diversão!! Não tem erro!!

626 (2)

Já conhecia outros casinos, mas Las Vegas é diferente. Achei bem mais divertido!! Estão sempre cheios. Alguns cheirando mais cigarro que outros (parte ruim). A bebida é liberada para quem está jogando (água, café, cerveja, cocktail…), parte boa :). Vale a pena brincar nas roletas!! Separe seu budget de diversão e vá ser feliz!! Se ganhar será por pura sorte pois todas as probabilidades estarão contra você!! 😛

355 (2)

Fomos também na loja da M&M. Ela tem 4 andares, toda colorida e com cinema 4D. Muitas coisas bacanas do tema. Coisa de louco!!! Ainda bem que os meus meninos não são fãs de M&M pois eu teria comprado a loja inteira :P.

784

781

Onde comer? Las Vegas é cheio de chefs famosos e celebridades de programas de tv. Restaurantes da moda e muita comida boa. Vale pesquisar para ter uma experiência gastronômica bacana. Conhecemos um dos restaurantes do Gordon Ramsay, o BurGR, que fica no Planet Hollywood. Ele é mais casual e a atmosfera é ótima!! A fila de espera é bem grande. Não fazem reserva. Colocamos o nome na lista e fomos rodar. Rapidinho o tempo passa. Vale a pena!! Quem preferir uma opção mais requintada deste mesmo chef, no Paris Las Vegas tem outro restaurante dele (Gordon Ramsay Steak $$$). Fazem reserva.

Fomos no restaurante do hilário Guy Fieri (Guy’s Fieri Vegas Kitchen & Bar). Ele tem mais de uma casa. Fomos na do hotel The LINQ. Show!! Um de seus burgers já foi eleito o melhor da cidade em um ano!! Fila de espera bem grande também. Não fazem reserva. Colocar o nome e dar uma volta pela região. Ainda bem que sempre tem coisa para fazer!!

E por último desta turminha famosa que conhecemos, mas não ficando para trás, o restaurante do Wolfgang Puck (Wolfgang Puck Bar & Grill Las Vegas). Ele fica no MGM. É uma excelente dica para quem vai assistir ao espetáculo Kà, Cirque du Soleil. Eles fazem reserva.

Jantamos uma noite no bistrô do nosso hotel, Mon Ami Gabi, no Paris Las Vegas. Ele tem uma vista panorâmica para as fontes do Bellagio!! Valeu a experiência!! Gostamos muito do café da manhã, à la carte, de um dos restaurantes do nosso hotel, Hexx Kitchen. Acredito que Las Vegas tenha muitas opções deliciosas para o café da manhã. Usamos bastante o Yelp para nos tirar de muitas roubadas. Sempre com muitos reviews e fotos dos pratos e muitas vezes do menu. Diferente de muitas outras partes dos EUA, a circulação de bebida alcoólica pelas ruas da Strip é permitida.

885

Para quem gosta de comprar. Quem não gosta? 😛 Não é o nosso foco em viagens. Várias opções em Vegas!! Passamos por dois grandes malls na Strip, mas não entramos. Recomendo este post do blog Vícios de Viagem para terem um guia bem detalhado. Entramos por acaso, caminho para quem está seguindo a Strip, no queridinho das fashionistas ($$$), o Crystals, as griffes de luxo Prada, Gucci, Dolce Gabbana , Louis Vuitton e muitas outras estão lá.

Las Vegas é isso!! Diversão total!! Voltaremos!!

Até o próximo!!

Salt Lake City com crianças

Como falei anteriormente, o Alô Houston – Brasileiros no Texas está passando um tempo em Utah, Temporada em Utah, e com o meu marido trabalhando todos os dias ficamos nós três boa parte do tempo conhecendo a região. E o foco dos programas são os baixinhos. Até tento olhar algumas vitrines de shopping mas não tenho muito sucesso e colaboração. Totalmente injusto!! 😛 A cidade de Salt lake City é bem preparada para crianças, muitas opções de lazer e entretenimento para garotada.

Salt Lake City é uma excelente base para conhecer todo o estado de Utah!! É uma das poucas cidades grandes desta região oeste dos EUA e com aeroporto internacional. Outros estados próximo possuem somente aeroportos menores e sazonais. Anotem as dicas para quem quiser aproveitar a vinda para os parques nacionais espalhados pela região e curtir um pouco o que esta cidade oferece para as crianças. Tivemos muitas aventuras!! Farei posts detalhados!! Aguardem!!

Julho é sinônimo de férias tanto no Brasil quanto por aqui e tem sido bem agitado para os meus meninos. Intercalamos dias tranquilos na piscina do hotel ou na academia Lifetime (é a mesma que frequentamos no Texas), uma matinê no cinema ou fazendo nada com visitas a museus, aquários, trilhas e muito mais.

2628

Salt Lake City fica em um vale cercado por montanhas. Para todos os lados que nós olharmos veremos montanhas. Assim, muitas trilhas acessíveis para as crianças. Fomos na Donut Falls Hiking Trail que fica no Big Cottonwood Canyon, mas tem muitas outras. Uma americana que conheci aqui me chamou e fomos com as crianças. Os meus meninos tiveram a primeira experiência deles em cachoeira e trilha em rio!! Amaram!!

Como Utah é um importante centro arqueológico, eles possuem muitos museus de história natural espalhados. Visitamos o Natural History Museum of Utah e gostamos bastante. Os meninos já conhecem outros então não foi tanta novidade, mas este tem o que não é muito comum neste tipo de museu, ele tem bastante coisas interativas que entreteram bem os meninos. Ficamos até ele fechar e não conseguimos fazer com calma o último andar. Ele fica dentro da Universidade de Utah bem no pé da montanha com uma vista linda para a cidade. Perto dele tem também o Red Butte Garden & Arboretum. Dizem que é lindo e imperdível!!

Outros dois museus bastante interativos que fomos por aqui são o The Leonardo, referência ao grande Leonardo da Vinci, ele fica em Downtown, e o Discovery Gateway Children’s Museum. Assim como o de Chicago este museu da criança é mais infantil, mas não foi um problema para os meus meninos que se divertiram bastante!! Tinha uma área para meninos maiores bem bacana!! Ele fica no Gateway Mall, shopping aberto que rende um bom programa de compras e entretenimento.

O The Leonardo foi show!! Ciência e arte!! Imperdível!! Atração total para a garotada!! Para os adultos tinha uma área social sobre o problema urbano dos sem teto, bem triste os depoimentos. Os meninos se divertiram bastante nos workshops!! Muito bem bolado o museu!! Vai inaugurar uma área nova que promete ser bem bacana!!

O Utah’s Hogle Zoo é diversão garantida para toda a família. O dia estava bem quente, mas como ele é bastante arborizado não sentimos tanto. Ele fica no pé das montanhas!! Chegamos assim que ele abriu e ficamos até fechar. Lembrar de olhar a programação dos shows que acontecem em poucos horários ao longo do dia para não perder. Fizemos o Mini Safari de trem. É um ingresso à parte. Ele fica bem na entrada. Tenta fazer ele primeiro assim que chegar no parque. O Zoo tem uma área Splash. Levei roupas extras. O calor estava tão intenso que nem trocaram depois que se molharam.

Thanksgiving Point. É uma região grande e estruturada, bem arborizada e com várias opções de lazer para toda a família. Passamos um dia inteiro lá. Compramos um passaporte que dava acesso aos museus, jardins (incluso o Ashton Gardens) e até uma fazenda. Chegamos cedo e fomos direto para o The Museum of Ancient Life. Ele é grande e bem interativo. Passamos a manhã lá. Ele tem vários playgrounds e vários filmes 3D sobre o espaço e a vida na terra que preenchem um dia de diversão!! Como tínhamos ido no Planetarium no dia anterior não assistimos nenhum. O passaporte dava desconto nos ingressos à parte dos filmes.

No início da tarde fomos na fazenda. Ela é muito bem cuidada e com muitas atividades de recreação. Farra!! Os meninos não queriam ir embora!!

Thanksgiving é famoso pelo festival de tulipas. Acontece em abril. Os jardins são lindos!! Fomos em alguns e já imaginei como seria uma delícia passar a tarde nas sombras lendo um livro. Sem as crianças, é claro!! 😛

Terminamos o dia no Museum of Natural Curiosity!! Ele fecha tarde, 8 horas. É um museu da criança muito bem bolado com uma área playground de aventura bem grande, Rainforest, com arvorismo (ticket separado). Muita recreação e atividades interativas. O Ashton Gardens é bem grande e com muitas trilhas. Labirinto, playground, áreas educativas e muito verde. Lindo museu e jardins!! Vale a pena passar o dia!! Ficamos até fechar!!

Loveland Living Planet Aquarium. Já conhecemos muitos aquários e sempre as crianças curtem muito. Este foi além de ser mais um na lista. Meu filho mais velho viu alguns animais mais raros e ele é cheio de curiosidades!! Bacana como eles criaram uma maneira divertida e interessante em passar as informações sobre a vida dos animais!!

O Clark Planetarium fica no The Gateway Mall, mesmo Mall do Discovery Gateway. Os meus meninos adoram coisas do espaço. E como moramos em Houston, que tem a NASA, os olhinhos deles brilharam quando viram que a produção das projeções no IMAX era da NASA. Fomos na matinê que por acaso tem desconto. Achei o preço um pouco salgado para família. Em compensação toda a área externa de exposição com simuladores e outras máquinas eram gratuitas. Não havia a opção passaporte como muitos outros espaços. Sendo assim, assistimos dois filmes de 30/40 minutos. Um era 3D (A Beautiful Planet) que era IMAX e uma animação sobre o espaço em uma tela 360 graus (Perfect Little Planet). Melhor se programar pois os horários dos filmes são reduzidos. A lista dos filmes e horários está disponível no site. Algumas áreas estavam em reforma e assim acredito que ficará ainda melhor!! Já se preparem pois tem uma grande loja com diversos brinquedos super criativos!! Impossível sair com as mãos vazias!! Para quem curte o espaço (adultos e crianças) super recomendo!! E como já falei o Mall é super charmosinho com muitos restaurantes e outros entretenimentos!!

Salt lake City tem muitos water parks como o Lagoon, que também é um parque temático cheio de montanhas russas e outras atrações, mas decidimos ir neste menor perto do nosso hotel. Cowabunga Bay Water Park!! Não preciso dizer nada sobre a diversão!!! O verão por aqui beira os 40 graus mas a sensação de calor é menor que a de Houston pois não é úmido. Cuidado especial para a pele que fica muito seca. 😦

Quem visita os EUA ou mora por aqui deve separar algumas horas do dia e ir a um minigolfe. Os preços são bem acessíveis no geral. A criançada adora e os adultos também. Fomos no início das férias que as temperaturas estavam mais amenas. Fomos no Mulligans Golf and games, mas tem muitos espalhados pela cidade.

Em julho sempre tem novos filmes infantis no cinema!! Estamos no subúrbio de Salt Lake City, South Jordan. Temos ido em um complexo de cinema bem bacana com IMAX, Jordan Commons. Ele é um espaço de lazer todo arrumadinho que parece uma mini cidade cheio de restaurantes. Como já falei no outro post, estou achando que eles investem bastante em lazer por aqui. Com certeza perto do seu hotel terá algum bacana também.

173

Para quem está visitando a região da Temple Square com crianças não deixem de visitar o Church History Museum. Ele tem algumas partes bem bacana e interativas. As crianças vão curtir bastante depois de acompanhar os pais em programas mais adultos vamos dizer assim.

Sempre falo para quem visita os EUA na primavera e principalmente no verão checar a programação cultural em parques, feiras e eventos da comunidade!! Os festivais de verão são uma delícia e uma ótima oportunidade de conhecer a cultura americana. Geralmente eles são frequentados por locais e o estilo é bem casual e descontraído. Tem atividades para todos os gostos e bolsos. Bora aproveitar ao máximo a viagem!!! Fomos no musical Mary Poppins!! Nunca tínhamos assistido e a produção superou as nossa expectativas!! Adoramos!!

Adoramos a nossa temporada em Utah!!!

Abraços e até o próximo!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Temporada em Utah!!!

Todo mudo sabe que as férias de verão nos EUA duram uma eternidade. Resolvemos sair um pouco de Houston e nos alojarmos no subúrbio de Salt Lake City, South Jordan, em Utah. Post sobre Salt Lake City com crianças!!

mapa de utah

Por que Utah? A resposta é simples. O meu marido está trabalhando em um projeto na região.

A experiência está sendo incrível!! Durante a semana eu sempre arrumo alguma coisa interessante para fazer com os meninos na região ou curto uma piscina sem pressa.  Nos fins de semana toda a família se aventura para algum lugar bem bacana. Farei muitos posts ainda. Aguardem!!!

2541

O clima aqui no verão é diferente de Houston. Ele é quente e seco. Até o momento está bem menos quente que Houston costuma ser pelo menos na região do vale que estamos. Que diferença!!! Super agradável!! Quase todos os restaurantes têm mesas na calçada. O inverno, ouvi falar, é bem rigoroso. Pontos para Houston!! Adoro inverno mais ameno. Friozinho é bom mas viver na neve deve ser um transtorno diário. Quem sabe um dia eu tenho esta experiência e conto aqui para vocês como foi.

2308

Texas é bem conservador mas acho que aqui é bem mais. Em Utah fica a sede da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, também conhecida como Igreja Mórmon. Enfim, a igreja está presente no modo de viver da população que se mostra bastante conservadora e religiosa. A população é bem branca, republicana e com poucos estrangeiros. Estou achando todos bem gentis, toda hora uma pessoa pergunta que língua estamos falando ou de onde somos. Sempre tem algum conhecido que foi para o Brasil em missão. Como os mórmons fazem muita atividade missionária já me esbarrei com 3 falantes fluentes de português por aqui. Em muitos restaurantes, os garçons conhecem um pouco de português também. Encontro muitos moradores americanos que falam espanhol nas lojas. Diferente do Texas que a maioria dos americanos não fala uma segunda língua.

O estado de Utah tem muitas atividades procuradas tanto no verão quanto no inverno. Foi sede das Olimpíadas de Inverno em 2002. Park City é um charme de cidade!! Passamos algumas horas lá e já consigo imaginar que delícia deve ser no inverno. Muitas lojinhas, bares e restaurantes no meio das montanhas.

South Jordan é como um qualquer subúrbio nos EUA. Assim como quase todos os lugares que temos ido por aqui, bem estruturado, calmo, limpo e organizado. A cidade de Salt Lake City e região investem bastante em urbanização.

A região da Temple Square é linda!! A igreja demorou alguns anos para construir o complexo e fez um excelente trabalho. Adorei visitar e conhecer um pouco sobre a cultura mórmon. Duas “sisters” nos acompanharam pela região. As duas eram estrangeiras (China e Indonésia) que estão passando 1 ano por aqui. Inglês impecável!!

2366238424252361239224702467

22582253 (2)

Em frente ao Temple Square fica o City Creek Center. Rende algumas horas de passeio e compras!! 😉

23522550

Fomos em um fim de tarde rodar a região de Sugar House. Uma das mais antigas vizinhanças de Salt Lake City. Amei!! A região é bem jovial. Lá fica o top Westminster College. A turminha que frequenta lá é mais progressista. A região tem muitos restaurantes, galerias e espaços vintage. O Sugar House Park é bem grande. Duas cervejarias têm pub por ali com uma produção menor de cerveja. Wasatch Brew Pub (a que fomos!!) e The Annex by Epic Brewing. Show de bairro!!! Voltaremos!!

96996898210001005

No próximo post vou contar um pouco de como os baixinhos estão se divertindo por aqui!! Abraços

 

 

 

 

Worldfest!!!

Houston tem uma economia forte em óleo e gás que tem atraído muitos estrangeiros. Como já falei em muitos posts, Houston é multicultural e as escolas recebem alunos do mundo inteiro.

idiomas

As escolas do distrito escolar de Katy, assim como acontece em outros distritos escolares e escolas particulares, oferecem o espaço nas escolas para pais e alunos desenvolverem uma exposição internacional mostrando a grande diversidade de Houston. A exposição não é obrigatória. Na escola dos meus filhos o evento aconteceu hoje, no horário de 5:30 até 7:00.

O Brasil teve seu stand na festa internacional!!! Mostramos um pouco da nossa cultura, da nossa comida e principalmente a nossa alegria!! A escola dos meus filhos tem muitos brasileiros. A grande maioria pôde se envolver de alguma maneira na preparação do evento. Chamamos também um grupo para uma apresentação de capoeira!!!

barzil

Oferecemos brigadeiro, pão de queijo, bananinha (bala) e guaraná. Fizemos um grupo para fazer os mais de 500 minis pães de queijo e um outro para fazer mais de 400 brigadeiros (grupo que eu participei). Tivemos grupo para organização do stand e revezamento de turnos durante a festa. Adorei participar do evento!! Tudo uma delícia. Foi um sucesso!!!

689694

747

Apresentação de Capoeira!!!

Os professores da escola ficavam em cada stand ajudando na distribuição dos stickers do passaporte que eles também ofereceram para a criançada. Foi realmente muito divertido!!!

passaporte 2

passaporte 1

Curtimos bastante a apresentação de todos os stands da festa. Os meninos realmente curtiram aprender um pouco da cultura, experimentaram diversos sabores e assistiram muitas apresentações diferentes!!!

699

China!!

721

723

Índia!!

725726729731735

Estes foram alguns stands mas tiveram muitos outros!!

Até o próximo!!

Infância nos EUA!!!

Tema bem polêmico que tentarei mostrar um pouco como funciona por aqui nos EUA. Ou melhor no Texas!!! O que espera os expatriados quando eles se mudam para os EUA. Como é a infância nos EUA? Como é na escola pública? E na particular? Na vizinhança? A minha experiência é pequena, um pouco mais que 2 anos, restrita ao subúrbio de classe média, relatos de amigos que moram em Houston ou que estudam em escolas particulares. Adoraria que leitores de outras cidades e com outras experiências deixassem a sua própria vivência para enriquecer o post. Já aviso que o post ficou grande. 🙂

iphone 1140

Lazer no fim de semana – Borboletário!!

Morar nos EUA tem muitas coisas que eu adoro para criar os filhos, mas também tem coisas que não gosto assim como todos os lugares. Gosto de morar em casa com quintal e rua calma. As crianças têm espaço. O deslocamento de carro é prático e quase sempre tem estacionamento disponível gratuito. Levar as crianças para as diversas atividades sem ter que atravessar a cidade é um bônus pois sempre tem uma filial perto de casa. O mesmo para as redes de supermercados, lojas, bancos e farmácias. Torna a vida com filhos bem mais fácil. O ensino público de qualidade ainda possível e toda a estrutura para não depender de babás como no Brasil (escola em período integral e programas after school), falarei mais sobre isso detalhadamente no post. O privilégio dos meus filhos serem fluentes em dois ou mais idiomas e conviverem com pessoas do mundo inteiro em uma sala multicultural não tem preço. O custo de produtos, roupas e brinquedos de bebês e crianças é baixo. Além do baixo custo dos eletrônicos. E do LEGO!!! Meus filhos adoram!!!  O material escolar tem uma parte oferecida pela escola e o restante tem um custo bem baixo. Já as universidades são todas pagas e com um custo bem elevado. Programas de empréstimos são oferecidos na matrícula com juros baixos.

Criança por aqui brinca na rua. Andam de bicicleta, skate e patinetes. Aparece na sua casa sem avisar para brincar. Ficam horas se você deixar. Lancham, almoçam, abrem a geladeira quando estão com fome e detonam o estoque do lanche escolar. E os meus filhos fazem exatamente o mesmo. Vergonha total!! Não foi assim no início da nossa mudança. Eu achava que os meus meninos eram muitos novos para brincarem sozinhos na rua, tinha medo do que poderia acontecer (ainda tenho), mas tudo isto eu também vivi quando era pequena. Brincava na rua com os meus colegas do bairro e deixava a minha mãe doida de tanto que ia brincar na casa dos amiguinhos sem avisar. Sobrevivi e considero que seja uma infância feliz!! O meu mais velho fará 10 anos em junho e o mais novo tem 7 anos. Estou sempre atenta e observo os amiguinhos. Confesso que prefiro quando eles brincam aqui em casa com os amiguinhos e em frente à nossa casa.

iphone 3295

Picnic com os vizinhos no Spring Break!!

iphone 3298

Picnic com os amiguinhos!!

460

As crianças por aqui estão acostumadas às revistas nos lugares públicos (museus, monumentos e atrações turísticas). Nas escolas, as crianças estão habituadas com um rigoroso sistema de segurança com portas eletrônicas e sistema de identficação de visitantes (crachás). O sistema chama-se RAPTOR. Detalhes aqui . Os alunos são liberados da escola com um sistema próprio de identificação e identidade em casos de atrasos. Mesmo assim eles conseguem ser eficientes no processo. As crianças tem treinamentos frequentes para situações de emergência como incêndio.

Middle School. Geralmente crianças entre 11 e 13 anos. Muitos pais já liberam para irem para a escola de bicicleta em grupo. O que de novo me lembra exatamente à minha infância. De novo, eu penso, que perigo!!! Será que vou conseguir liberar os meus filhotes? High School. A partir dos 14 anos. Ainda são crianças? Com 15 anos já podem começar a dirigir o carro com um acompanhante adulto e com 16 anos já podem tirar carteira. Já são super independentes. Como lidar com este cenário? Escuto muita queixa e preocupação de pais de adolescentes em relação às drogas. Acredito que esteja geral no mundo todo.

A escola por aqui é em horário integral (8 horas). Muitos pais trabalham fora e assim muitas crianças permanecem na escola pública após o término da aula por um custo semanal adicional. As escolas particulares também tem os seus programas after school. Algumas escolas são especializadas nestes programas com transporte próprio. Muitas crianças ficam um tempo considerável fora de casa. Não é muito comum babás e empregadas (aquelas tradicionais que passam horas ou dormem no emprego). O mais comum é a babá ou tutora ficar por algumas horas por dia para ajudar nos deveres de casa ao invés de deixar na escola após o término das aulas ou até os pais voltarem do trabalho. Os deveres de casa da escola ainda não estão tão puxados nas séries dos meus filhos, mas muitos pais em séries mais avançadas queixam do volume. Escuto uma maior queixa do volume de dever de casa de pais em escolas particulares.

As escolas públicas recebem em torno de 50 milhões de estudantes. As escolas particulares recebem em torno de 4.9 milhões. A estimativa é que em torno de 3% ( por volta de 1.500.000) crianças não frequentam a escola. Eles são homeschooling. Os pais ensinam em casa. Cada estado tem seu próprio estatuto sobre homeschooling. A maioria dos estados dão ampla autonomia aos pais, ou seguem o mesmo estatuto das escolas particulares e os alunos nem sequer são testados por teste padronizados. A grande maioria estuda nas escolas públicas inclusive os meus. Então, como funciona a escola pública?

Não estou falando sobre as escolas neste post mas sobre as crianças e não podemos nos esquecer que as escolas públicas e também as particulares não são todas iguais. Deve-se pesquisar sempre antes de escolher.

Eu tenho vivenciado a escola pública desde o pre kindergarten ( por volta dos 4 anos). O meu mais velho no momento está no 3 grade  e o caçula no 1 grade. Eu percebo que eles são mais rígidos na disciplina e mais tolerantes na punição em idades mais novas. Os maus comportamentos irão para a “ficha” do aluno a partir do 2 grade. No kindergarten (primeiro ano oficial da escola pública, 5 anos), as crianças se deparam com as regras escolares e com os métodos de educação bem padronizados com a premiação do bom comportamento e uma pequena competição entre os alunos para se obter este bom comportamento. Os alunos só podem falar após levantar a mão e o professor permitir. A professora não costuma pedir/gritar por silêncio na escola dos meus filhos. No lugar ela faz um sinal com a mão que as crianças reconhecem e param de falar. Interromper o professor pode gerar uma marca na ficha de disciplina diária. Eles utilizam de algumas “punições” em classe como separar as crianças ou isolar do grupo. Estas e muitas outras regras eu fui descobrindo aos poucos. Claro que os pais não gostam desse tanto de regras, mas acontecem mesmo assim. Eu me lembro que achava super estranho, mas agora já me acostumei.  Geralmente as crianças seguem para as próximas séries bem atentas e já bem adaptadas com as regras. O tempo é bem curto e regulado para as atividades e intervalos. Tudo muito organizado. Tudo acontece bem pontual e sem correria. Diria que a escola dos meus filhos estimula mais a competição do que eu gostaria. Temos competiçào até entre os pais para eleger o melhor voluntário. A área esportiva é a mais competitiva!! Acredito que os EUA em geral sejam bem competitivos. Percebo nos cursos de inglês que os professores também fazem isso bastante. Quem tem intenção de se mudar para cá tem que ter isso bem claro na cabeça. Mesmo assim, o ambiente escolar é bem lúdico embora eles tenham regras disciplinares bem claras e rígidas, os meus filhos adoram ir para a escola!!! 🙂

Não sou pedagoga, mas sou voluntária no workroom (tipo uma gráfica que fazemos cópias, plastificação, cortamos, encadernamos e muitas outras coisas) e vejo o material usado na escola dos meus filhos (elementary) e arriscaria dizer que o método de ensino segue uma linha meio construtivista. O material é muito bacana e enriquecedor. Fico tranquila pois trabalha de maneira muito criativa o aprender. Na matemática, os conceitos são apresentados aos poucos e sem correria e inúmeras maneiras diferentes para resolver o mesmo problema são estimulados. O meu caçula está estudando os números e sua representatividade. Mil maneiras de expressar o mesmo número. Muitos queixam que acham a matemática nos EUA fácil. A partir do middle school as turmas de matemática e outras matérias tem opções mais avançadas. Os pais tem uma flexibilidade na hora de escolher o currículo mas a escola orienta, desaconselha em alguns casos ou não permite em outros devido ao histórico escolar dos filhos. Os estudantes já são mais ou menos orientados desde cedo o caminho a seguir com os créditos necessários para ingressar nas universidades na área de escolha. No high school, por exemplo, estudantes que tem interesse em cursar engenharia já devem cursar algumas matérias de college para conseguir ingressar em alguma universidade após o high school.

Muitos pais queixam de atitudes bem frias por parte dos professores, mas não vejo isso na escola dos meus filhos. Os professores são bem carinhosos no geral e abraçam as crianças sim como muitos falam que não. Alguns professores são mais sérios mas acho que seja característica individual deles. Eu particularmente gosto dos professores mais dinâmicos e animados. O meu caçula tem tido mais sorte com professores mais “felizes” vamos dizer assim, talvez seja por ser mais novo. O contato físico entre as crianças acontece em classes mais novas, mas são desestimulados. A frase “keep your hands to yourself” é falada muito durante o kindergarten. Serve para diminuir as briguinhas entre as crianças que gostam de irritar uns aos outros e também para não tocar nada, aprender a olhar as coisas e tocar caso seja liberado. As crianças aprendem a esperar o adulto dizer o que pode fazer. Elas aprendem novinhas ainda a não conversar em filas. Quando estão se deslocando pelos corredores, fazer em silêncio e sem correr para não perturbar as outras salas de aula. Acontece uma forte polarização entre meninas e meninos. A escola reforça. O nosso futebol é mais jogado pelas meninas  e o futebol americano somente para os meninos. As crianças entram no ritmo disciplinar bem rapidamente, mas os pais continuam incomodados com algumas situações.

iphone 1714

Colegas de sala do Vítor!! Super amigos!!

iphone 1778

A escola separou os meninos das meninas na hora das brincadeiras!! Festinha de Valentines!!

A partir do middle school, o professor de cada disciplina tem sua sala de aula e são os estudantes que se deslocam pelos corredores. Não tem uma carteira fixa com o material individual lá. Os escaninhos nos corredores servem para guardar o material. As crianças amadurecem bastante com esta nova responsabilidade em controlar o tempo, pois após um período as salas são fechadas e as crianças não conseguem entrar na sala de aula. No último ano do elementary as crianças já fazem treinamento para se prepararem para este novo desafio. O currículo é bem flexível com algumas matérias comuns, mas com níveis diferentes. A escola auxilia na montagem da grade seguindo as aptidões e preferências de cada estudante. Lembrar que as escolas públicas nos EUA trabalham a inclusão. As crianças com atenção especial frequentam a mesma escola e participam de programas com professores auxiliares que ajudam eles a desenvolverem o seu potencial.

A medida que as crianças crescem o mau comportamento (nem sempre coisas muito sérias) vai se tornando um problema que a escola utiliza de todos os meios que ela possui para controlar. A criança já deveria ter assimilado as regras em séries mais novas.

Elas marcam o relatório diário que exige a assinatura dos pais. Ficará registrado na “ficha” escolar e outras medidas disciplinares são tomadas como visitas ao conselheiro da escola. Cursos de bom comportamento. Psicólogo disponível pelo distrito escolar com a permissão dos pais. A investigação pelo médico de algum distúrbio como a hiperatividade, déficit de atenção, autismo, dislexia e muitos outros que possam estar atrapalhando o aprendizado e o entendimento claro às regras. Todas estas são alternativas que a escola utiliza para não usar de meios como suspensão e expulsão. Estes últimos em casos mais extremos de desrespeito e indisciplina. Um exemplo de mau comportamento que eles consideram totalmente inaceitável é o disparo proposital do alarme de incêndio. A punição nas séries mais novas é a suspensão, mas as crianças a partir do middle school (11 anos) são levadas presas e ficam em centros de detenção juvenil por um período. Podem ser expulsas. Multas altas são aplicadas pelo juiz em corte. Vídeos circulam pela internet mostrando como os maus comportamentos não são tolerados pelas autoridades. Tolerância zero!! Lembrar que nos EUA, crianças a partir de 8 anos podem ser julgadas como adultos se a corte definir que será. Ninguém passará a mão na cabeça das crianças por crimes hediondos. Chocante ouvir isso pois são crianças, mas a educação sobre cidadania é forte em idades precoces e elas são advertidas a não cometer estes atos delinquentes e com todas as explicações a respeito. Meu mais velho chegou um dia desses em casa me contando que alguém tinha disparado o alarme “acidentalmente” e ele já sabia das consequências em crianças mais velhas. Este estilo rígido das escolas públicas irrita muitos pais, principalmente os estrangeiros que vem de outras culturas e muitos optam pela escola privada quando é possível financeiramente. No caso de disparo do alarme de incêndio vale lembrar que é ofensa grave em qualquer escola e muitas outras.

tolerance

No Brasil, as escolas geralmente possuem somente um turno e as crianças geralmente fazem algumas atividades extras como natação, inglês e/ou outras atividades. Nos EUA as crianças chegam da escola por volta de 4 horas da tarde e também tem muitas atividades extras. De novo depende muito da cultura de cada um e modo de pensar. Os americanos em geral pelo que já percebi colocam em muitas atividades após a aula, principalmente em ligas esportivas. Os pais que querem oferecer uma educação mais diversificada, fugir do padrão da escola pública, colocam em línguas, Kumon, música, artes e muitas outras. Os meus filhos fazem esporte 3 x na semana, natação e participam sempre em algum programa ou projeto extra curricular como (robótica, xadrez, DI e outros). Eles não fazem aula de Kumon mas comprei os livros e eles praticam em casa. Devo colocar no curso de música no próximo ano letivo. E aulas de catecismo. Importante também e eles gostam muito (quarta-feira). Muitos pais colocam em aulas da língua materna, mas aqui em casa a gente mesmo alfabetizou o caçula no português e estamos sempre praticando a leitura com ele. Exige paciência e dedicação, mas super possível. A semana fica cheia. Realmente pouco tempo para “brincar”. Eu percebo que eles estão mais ativos com as atividades. Chegam das aulas extras e nem entram em casa, brincam na rua com os vizinhos um pouco antes do jantar. Nos dias que ficam em casa quase sempre recorrem aos eletrônicos. Enfim, prefiro as atividades extras no lugar do excesso dos eletrônicos. Não sei como está o Brasil, mas nos EUA o uso dos eletrônicos está fora de controle. Colocamos muitas regras aqui em casa, colocamos senhas em alguns sites como o youtube quando está intenso o uso, mas alguns deveres de casa são eletrônicos e algumas atividades educativas também. Não consigo controlar o tempo todo pois também tenho que fazer o jantar e organizar as coisas da casa. A escola incentiva muito à leitura. A criança tem que ler 4 livros por semana e apresentar a lista com a assinatura dos pais.

iphone 2224

Projeto extracurricular DI do Vítor (alunos de salas diferentes da mesma escola)

iphone 2252

Projeto DI do Henrique (dois da mesma sala de aula)

A vizinhança é ótima!! O interessante aqui nos EUA é o fato dos vizinhos estudarem na mesma escola pública, vão no mesmo ônibus escolar, muitas vezes estudam na mesma sala de aula. As relações ficam bem intensas. Os pais acabam se conhecendo também. A ideia de comunidade aqui é forte e os pais se envolvem bastante na vida dos filhos.

iphone 3269

Playdate aqui em casa com o vizinho que também é colega de sala do Henrique e o coleguinha do projeto DI do Vítor

iphone 3465

Passeio com o amigo no Health Museum!!

Americano é bem consumista e os shopping e outlets ficam sempre lotados, mas no fim de semana shopping não é o único lazer disponível para a garotada. O que eu acho interessante é o custo baixo dos programas de lazer ou a gratuidade da maioria deles. Moro em Houston e isto ajuda muito o acesso de meus filhos aos museus, excelentes parques e zoo. A infância deles é recheada de cultura e lazer. Boliche e minigolfe estão espalhados pela cidade. Sempre tem shows interessantes na cidade que eles acabam curtindo muito (caros). As crianças aqui frequentam os estádios e ginásios esportivos para assistirem aos jogos de basquete, baseball, futebol e outros. Faz parte da cultura americana. Os jogos de high school de futebol americano atraem muitas famílias também. Os festivais acontecem o tempo todo e são bem familiares. Nos subúrbios sempre tem atividade nos centros de lazer e geralmente são gratuitos. Os clubes do condomínio oferecem teatros infantis e muitas outras atividades recreativas. Muito comum os pais organizarem playdates com os coleguinhas da escola. As crianças estão sempre se encontrando em algum parquinho ou na casa de amiguinhos.

iphone 1912

Playdate com dois coleguinhas  da sala do Vítor no playground da escola

iphone 3362

Brasileirinhos reunidos no restaurante!! Spring Break!!

A escola está sempre desenvolvendo alguma apresentação para eles mesmos ou para os pais ou a comundade assistirem. A escola abre as portas para as diversas datas ao longo do ano ( dia da mães, pais, Valentines, fim de ano, thanksgiving e outras) com festinhas na sala com atividades interativas entre os alunos e/ou pais. Em séries mais novas acontecem na sala.  A medida que as séries avançam, estas apresentações ganham espaços maiores e se tornam “verdadeiros” espetáculos com futuros artistas. Os alunos desenvolvem o cenário, fantasia, iluminação e toda a produção com a ajuda de pais voluntários. Os ingressos são vendidos rapidamente.

iphone 1562

Apresentação de poesia!!

iphone 1728

Atividade na escola!! Círculo dos coleguinhas do Vítor!!

 

Enfim, todos os lugares tem vantagens e desvantagens. Gostamos de morar por aqui!!!

Até o próximo!!!

Dois anos morando nos EUA!!!

Este post está bem atrasado. Era para ter feito no mês passado mas estava super envolvida em mais um curso de inglês!!! Sim!!! Eu ainda faço curso de inglês e acredito que nunca dominarei o idioma como eu gostaria.

1769

Em janeiro eu e os meninos renovamos o visto L2 ( visto de acompanhante de quem tem o visto de trabalho L1). Fomos para o México por praticidade e custo. A empresa financia o visto, mas não cobre as despesas da viagem. A viagem durou 4 horas de carro. Estava agendado no primeiro dia a foto e as impressões digitais e no segundo dia a entrevista do visto. Fácil, rápido e de baixo custo!! Uau!!! Já estamos renovando o visto!! Como o tempo passa rápido!!!

4629

4639

Controle de fronteira!!!

O que eu posso dizer após dois anos morando nos EUA. O que mudou? Acredito que não mudou muita coisa desde o último post sobre morar fora do Brasil.”1 ano e meio morando no Texas”. Clique aqui.

Posso dizer que cada vez mais me sinto mais adaptada. Menos questionamentos e dúvidas. Gosto do meu estilo de vida no Texas. As coisas estão mais tranquilas e rotineiras. Neste tempo novos amigos chegaram e outros já não são mais tão próximos. A roda da vida continua girando. Continuo sem trabalhar por opção, mas cada vez mais animada em trabalhar em alguma coisa qualificada. E para isso preciso estudar e muito. Conselho que dou para todos que querem morar fora por um tempo ou para sempre. Estude!!!

Interessante pensar que foi a nossa terceira Páscoa que passamos no Texas. Que “perdemos” dois encontros em família no Natal e Ano Novo. Que o Carnaval em Houston é meio xué e assim temos que inventar alguma coisa com os amigos!! Que as festas e encontros de brasileiros são sempre os mais divertidos. Criar um pedacinho do Brasil nos EUA faz tudo ficar bem mais fácil para quem mora longe. Não saberia dizer como estaria se morasse em cidades americanas do norte com poucos imigrantes. Adoro conviver com os estrangeiros e americanos de outros estados pois eles também são “novatos” na cidade.

iphone 1410

Carnaval!!!

Acredito que estou assimilando bem a cultura americana. A praticidade das coisas, a discrição nos relacionamentos, a pontualidade e a simplicidade cotidiana . A cultura do esporte está aos poucos se tornando uma rotina nas nossas vidas. Os meninos estão curtindo bastante a prática!! Até compramos a nossa própria cesta de basquete!! Os feriados e a história americana tem uma importância forte na vida dos meninos que vivem diariamente na escola. Bonito ver os meninos contando a importância de Martin Luther King para o povo americano. Aceitar ou brigar muito para mudar a realidade que meus filhos falam uma língua diferente da minha. Os meninos estão frequentando aulas de catecismo e acho estranha a idéia deles fazerem a primeira comunhão longe da família mas é a vida!! Cada vez mais tenho menos tempo para mim e dedico mais tempo à família. E isso é muito bom!!! Adoro viajar e estamos adorando a facilidade e segurança das roadtrips!!! Sem falar na economia!!!

cesta de basquete

futebol

iphone 1488

Final do Super Bowl na casa de amigos!!!

No momento escrevo de BH. Estou passando alguns dias com a minha família, matando a saudade!!! Neste período que estou morando nos EUA, esta é a terceira vez que eu venho. Não é uma viagem barata senão viria mais vezes. A primeira eu vim sozinha e fiquei 10 dias. Tive um choque de comparação bem forte. Na segunda vez  fiquei 1 mês nas férias de julho com meus filhos e agora eu vim sozinha de novo para passar duas semanas.

família

Amo muito estas meninas!!!

Esta está sendo de longe a melhor de todas. Tenho tempo para fazer tudo com a minha mãe sem me preocupar em cuidar de filhos. Acreditem!! Sou uma boa mãe!!! 🙂 Conciliar tudo me deixou bem estressada da última vez. Ser hóspede por um mês é uma luta. Usar a cozinha, encaixar os horários e dividir o tempo entre família e amigos foi bem puxado. Tiro o chapéu para quem dá conta de tudo ao mesmo tempo. Estou em uma fase da vida de paz e recolhimento. Não gosto de correria e atropelamentos.

1519

Curtindo os primos em julho/2015!!!

O Brasil está passando por um momento difícil. Os preços no supermercado estão inacreditáveis. As lojas do shoping estão com o preço absurdo. As roupas lindas mas não consigo imaginar alguém pagando este preço por elas. Os restaurantes estão vazios mas os bares estão cheios. Pelo menos o trânsito parece melhor ( um amigo meu me falou que muitos estão deixando o carro na garagem por causa do preço da gasolina).

Vejo nestes 2 anos nos EUA que se instalou uma crise do petróleo. O preço do barril está muito baixo. O galão caiu de $3.70 para $1,60 em alguns postos no Texas. Muitos amigos estão perdendo o emprego. Houston tem uma economia muito ligada ao petróleo. Eu vejo a cada dia a cidade mostrando seus sinais sociais da crise com o aumento de mendigos e pedintes nos sinais de trânsito. Escuto mais casos de arrombamentos de carros em estacionamentos. Ficar sempre em alerta mas no geral não vejo muitas mudanças nestes dois anos.

Enfim, estou gostando da minha experiência em morar nos EUA!!! Moraria em outro lugar também!!! Gosto de novidade!!

Até o próximo!!!

 

 

 

 

Esquiando na Califórnia!!!

Queríamos apresentar a neve para os nossos filhos e como faríamos a viagem de carro para a Califórnia encaixamos uns dias em Lake Tahoe. Pesquisando sobre a região, eu me deparei com fotos lindíssimas do verão também. O lugar é um paraíso no meio das montanhas, fica bem na divisa do estado da Califórnia com Nevada e tem atraído turistas tanto no verão quanto no inverno. Visitamos em dezembro, no meio do inverno.

  2747

A região de Lake Tahoe é grande e com várias estações de esqui espalhadas. Escolhemos curtir a estação Heavenly que fica em South Lake Tahoe. A cidade é pequenininha e bem charmosa. Estava toda coberta de neve. Ficamos hospedados no Lake Tahoe Retreat & Lodge. O café da manhã não estava incluso na diária mas gostamos bastante!! Delicioso!! Recomendo!!! Ele ficava a poucos minutos de carro da estação de esqui Heavenly.

2100

A viagem foi pequena, 3 dias, mas deu para curtir bastante!!! O lugar é lindo!!!
Saímos não muito cedo da região de Sunnyvale (baía de San Francisco). O tempo de viagem é por volta de 3 horas, mas gastamos bem mais pois o trânsito estava intenso. A estrada é muito boa e bonita. Na estrada chegando em South Lake Tahoe é possível parar o carro em alguns mirantes e aproveitar a vista. A estrada tem vários pontos com atividades divertidas na neve. Compramos correntes mas não precisamos usar.

1958

Chegamos quase no fim da tarde. No inverno, o dia é bastante curto e o sol se põe bem cedo, por volta das 5:30. O dia estava lindo e ensolarado!!! Muito frio também!!! Durante o período que estávamos por lá a temperatura oscilava entre -5 e -15 graus Celsius. O dia que nevou o dia inteiro pareceu ser o mais frio e passamos no alto da montanha esquiando. Estava bem ansiosa e preocupada com a viagem para a neve. Manter as crianças secas e agasalhadas corretamente era a minha maior preocupação. Compramos as roupas (térmicas, polar ou fleece, casacos impermeáveis, meias próprias para esqui, gorro e o bibi – tipo de macacão para as crianças) e botas adequadas para as crianças e para nós adultos e ainda peguei algumas coisas emprestadas. Os meninos rolaram na neve e ficaram super bem. Nos EUA tem muitas lojas especializadas em roupas para neve com muitas opções. Achamos os preços da Columbia (outlet) muito bons. Recomendo investir em luvas impermeáveis de boa qualidade. Os preços em geral dos artigos de neve não são nada baratos. Aliás, esquiar é muito caro!! Vale a pena pesquisar tudo antes de ir para a Califórnia!!

Já tinha esquiado anteriormente no Chile e Argentina e me lembro de ter alugado as roupas para a neve, mas não achei que compensava na Califórnia o aluguel. Decidimos comprar e ainda utilizar em outras viagens no futuro.

2113

Chegamos tarde no hotel e ainda tivemos que colocar toda a roupa apropriada para a neve. Várias camadas. Trabalheira danada!! O pôr do sol estava lindo!!! Definitivamente a câmera do celular não captou. Preciso comprar uma boa câmera e fazer um bom curso de fotografia urgente!!!

2125

Aproveitamos somente um pouco no primeiro dia a praia (coberta de neve) do hotel. Algumas rampas garantem a diversão da criançada!!! Compramos os sleds no Target por um bom preço.

2143

2139

2149

2156

Conhecemos o bar do píer do hotel e estendemos a noite no restaurante Cold Water Brewery and Grill.

2168

Fim de tarde!!!

2175

Esqui
Como já falei decidimos esquiar na estação Heavenly!! Pela minha pesquisa ela tinha uma excelente estrutura para crianças. Além de muitas pistas longas de esqui e snowboarding para iniciantes, ela oferece outras atividades para a garotada. Não fizemos o tubing pois estávamos envolvidos com o esqui, mas se ficássemos mais dias com certeza teríamos ido. Ele fica no Gondola Base. A montanha tem vários pontos de acesso (base). Conhecemos as pistas do California Base (estacionamento grátis) no segundo dia da viagem e as pistas do Gondola Base/Heavenly Village no terceiro dia (estacionamento pago). A gôndola é fechada e tem parada no deck de observação ( Cafe Blue). Não fomos no deck pois estava nevando no dia e a visibilidade estava baixa. O preço do lift com acesso às pistas é bem salgado. A partir do terceiro dia o preço online começa a valer a pena. Recomendo a compra online para evitar o tempo de espera na fila que foi bem grande.

O visual é incrível!!! As pistas realmente são muito boas para iniciantes, bem sinalizadas e seguras. Os funcionários são gentis e atenciosos. O restaurante Tamarack Lodge era bom e com muita opção. Usamos o guarda volume (pago) no primeiro dia. No segundo dia de esqui, já fomos preparados sem carregar nada. Vi que tinha um daycare no California Base. Recomendo a estação Heavenly!!! Maiores informações sobre a estação Heavenly clique aqui.

Aluguel de equipamento – Recomendo alugar no primeiro dia para não perder tempo. Alugar o equipamento fora do resort será mais barato com certeza. Já fizemos isso antes em outras viagens, mas não pesquisamos, estávamos com pouco tempo e achamos mais prático alugar no Heavenly ski mesmo. É possível retirar em um local da estação Heavenly e entregar em outro pois a estação tem vários pontos lift com as pistas mais radicais se comunicando. Gostei muito do atendimento e dos equipamentos. Não conheço esta loja de aluguel de equipamento de esqui/snowboarding no centro de South Lake Tahoe, mas peguei a dica no blog A vida é uma viagem – Tahoe Powder House. Vale a pena conferir!!

Aula de esqui – Recomendo para adultos e crianças. Os cursos não são baratos, mas sem as aulas o sucesso no esqui se torna bem mais difícil. Meu marido já tinha feito anteriormente e não quis fazer de novo e achamos indispensável para as crianças. Eu nunca fiz pois nunca tive muito interesse em esqui, mas após esta viagem meu interesse aumentou bastante e assim pretendo fazer o curso na próxima oportunidade, mas peguei muitas dicas com o meu marido e meus filhotes. 🙂
Tentamos reservar online a escolinha de esqui para os meninos sem sucesso, mas por sorte conseguimos no primeiro dia mas estavam esgotadas para o dia seguinte. A estação estava bem cheia. Os meninos passaram o dia com os instrutores, almoçaram e se divertiram bastante. Não conseguimos acompanhar o grupo e tirar as fotos.

2203

Equipados para a diversão!!!

California Base

Primeiro dia esquiando. O dia estava nublado, o que atrapalhou um pouco as fotos. Os meninos ficaram na escolinha de esqui com a diversão deles garantida. Passamos o dia conhecendo algumas pistas fáceis e um pouco do agito. Foi bacana um momento a dois na viagem!!! Deu para curtir!!! O tempo rendeu bastante pois estávamos no nosso ritmo.

2209

2257

2252

   2303

2299

2293

2218

2220

2238

No fim desta pista tem um ponto de lazer com barzinho e algumas opções para comer!!!

 

2323

Fim de tarde na estação!!

Gondola Base/ Heavenly Village

Segundo dia esquiando. Nevou o tempo todo!!! As fotos do lago nem pensar. Visibilidade péssima!! Pena!!! 😦 Como já tínhamos os cartões de acesso às pistas e o equipamento foi tudo bem mais rápido. Chegamos cedo na estação e conseguimos aproveitar bem o dia!!! Os meninos aprenderam o básico no primeiro dia e se saíram muito bem descendo as montanhas. O dia ficou bem mais frio que o dia anterior. Neste caso alguns acessórios que cobrem quase todo o rosto teria sido bem eficiente para não queimar o rosto com o frio (não tínhamos). Tinha comprado mas esqueci de levar para a pista uns adesivos para aquecer a bota por dentro, mas também vendia na estação caso o frio apertasse ainda mais. A lojinha perto do restaurante tinha muitos acessórios para a venda. Tirar a luva para usar o celular para as fotos era um martírio. O que me ajudou foram umas luvas finas segunda pele que funcionavam com o celular (touch screen). Fica a dica!!!
As atividades de esqui encerravam às 4:00 em ponto, mas tinha sempre algum agito nas áreas de bares, restaurantes. Sexta e sábado geralmente tem festas. Curtimos um pouco os bares e restaurantes após o esqui com muitos jovens, dj’s e dançarinas (no Tamarack Lodge) em um clima bem descontraído!! (après ski).

2437

  2491

2617

2557

2525

Tamarack Lodge!!!

2678

 

O Heavenly Village é um centrinho turístico charmosinho cheio de restaurantes, bares e lojas. Achei bem animado e melhor do que eu estava esperando. A Gondola Base fica por lá. Tem também uma pista de patinação. Fomos duas noites, direto do esqui mesmo, sem frescura, e conhecemos dois restaurantes bacanas com filas de espera bem grandes. Para quem gosta de comida mexicana não deixe de ir no Azul Latin Kitchen. O lugar tem uma decoração super legal e os pratos são bem gostosos. Já para quem gosta de pizza, super recomendo o Base Camp Pizza. Ele fica bem no meio do agito do Heavenly Village com um show ao vivo. As pizzas e as massas são uma delícia!!

2342

2331

Azul Latin Kitchen!!

2356

2374

Base camp Pizza!!

Até o próximo!!!

Roadtrip pela Califórnia com crianças – Inverno!!!

Decidimos ir de novo para a Califórnia, mas desta vez fomos de carro desde o Texas, Houston, onde moramos. Eram férias de inverno dos meninos na escola e achamos que seria bacana conhecer um pouco mais da Califórnia em uma época diferente. Post sobre a viagem que fizemos no verão para a Califórnia. O clima estava bem mais frio do que eu esperava e os dias ensolarados. Pegamos pouca chuva. Fomos sortudos pois este ano está chovendo mais do que o esperado na região, o que é bom pois a região sofre com secas e falta de água.

A viagem foi um espetáculo!! O roteiro ficou tão bacana quanto a nossa primeira viagem pela Califórnia!! Foram 16 dias!! Rodamos mais de 5000 milhas (aprox 8000 km) no total!! Adoramos a experiência!! Nós revezamos o volante durante toda a viagem tanto na ida quanto na volta. Meu marido dirigiu todo o tempo na Califórnia. Os meus meninos são grandes (7 e 9 anos) e como a viagem não tem curvas eles não passaram mal. Ficaram a maior parte do tempo dormindo ou mexendo nos eletrônicos e livros. Levamos um cooler com bebidas, frutas e sanduiches. Todos os hotéis que ficamos tinham máquina de gelo disponível gratuitamente como é comum nos EUA. Uma das maiores vantagens de uma roadtrip é a flexibilidade que ela oferece além da economia enorme com o aéreo e aluguel de carro. Recomendo!!!

Farei posts detalhados posteriormente!! 😉
819

Saímos bem cedo de Houston, 4 horas da manhã, pois queríamos rodar o máximo de horas no primeiro dia de viagem. Dirigimos 19 horas e mais duas horas de paradas ao longo do dia. Dormimos em Ehrenberg, fica na divisa do Arizona com a Califórnia. Deixamos as últimas 3 horas para o segundo dia. Não tínhamos reservado hotel. Aproveitamos a parada do jantar e reservamos pelo site hotwire por um ótimo preço. Best Western com café da manhã incluso. Vários trechos na estrada não tem cobertura de celular. Uma parte do percurso passa em área de fronteira e possui check points. Não esquecer de carregar os passaportes com os vistos, carimbos e o i94. Tanto na ida quanto na volta todos os carros estavam sendo parados. Eles checam a documentação e liberam rápido.

Rodamos 1520 milhas (aprox. 2446 km) até Los Angeles. É muito chão, diferente fuso horário, duas horas mais cedo do que o nosso aqui no Texas. A estrada é uma reta entediante, duplicada, segura, pouca variação de paisagem e estava com poucos trechos em obra. Atravessamos os estados do Novo México e Arizona. Passamos por grandes cidades como El Paso, Tucson e Phoenix. Alguns trechos são bem desertos e sem pontos de parada e abastecimento. Não deixem o tanque com menos de 100 milhas em toda a travessia do deserto para não passar aperto. 😉 Recomendo abastecer em Junction antes de seguir viagem, quase ficamos sem gasolina até encontrar um posto. A estrada é a I10.

mapa viagem

No dia seguinte, pegamos estrada não tão cedo. Como já falei, faltavam ainda 3 horas até Los Angeles e para a nossa primeira atração da viagem – Getty Center!!! Este museu de arte tem uma parte externa muito bacana. Imagino a beleza no verão mas adorei o charme no inverno. Como ele fica bem no alto de uma montanha, oferece vistas privilegiadas de Los Angeles!! O dia estava muito bonito e pudemos aproveitar bastante. Passamos o dia lá. Sem pressa!!

959 (2)

Dormimos em Anaheim, Holiday Inn sem café incluso, pois no dia seguinte iríamos no Disney California Adventure, parque que ainda não conhecíamos. O dia estava lindo!! Aproveitamos bastante este parque que é a cara da Califórnia!! Na viagem do ano passado conhecemos a Disneyland e a Legoland Califórnia.

1001

E para fechar os três dias em Los Angeles fomos no parque Universal Studios Hollywood, que também não conhecíamos!! O dia estava nublado e com uma chuvinha fina mas não atrapalhou a diversão. A maioria das atrações é indoor e as filas tb.

1407

Saímos da Universal não muito tarde e dirigimos um pouco mais de uma hora até a região de Fort Tejon. Reservamos um hotel já na estrada em direção ao norte para fugirmos do trânsito de Los Angeles e já adiantarmos para o outro dia. Ficamos na rede Holiday Inn com café da manhã incluso.

Dirigimos um pouco mais de 4 horas e chegamos meio dia na Bay Area de San Francisco. Vale do Silício!! A região é um polo tecnológico com sede de diversas empresas do ramo como Google, Facebook, Apple e muitas outras. A região é um charme e imagino que deve ser uma delícia morar por ali. As cidades San Jose, Santa Clara, Mountain View são tão grudadinhas umas às outras que fica até difícil saber onde uma começa e a outra termina. Ficamos em Sunnyvale. Passamos o Natal e ficamos 3 dias na casa de amigos. Matamos a saudade e os meninos curtiram muito estes dias!! 🙂

1866

No sétimo dia da viagem fomos para Lake Tahoe!! A viagem duraria 4 horas, mas gastamos mais pois a estrada estava bem cheia e lenta. Os meninos queriam conhecer a neve!! Ficamos em South Lake Tahoe!! A região é um espetáculo. Ficamos 3 noites para curtir região. O hotel era na beira do lago com a praia toda coberta de neve. Tahoe Beach Retreat & Lodge. Recomendo!! Nós nos divertimos bastante!! Post detalhado aqui!!!

 2521 (2)

Quando fomos pela primeira vez para a Califórnia e reservamos 3 dias para conhecer San Francisco, ficamos arrasados porque não teríamos tempo para conhecer Napa Valley. Ficamos divididos e decidimos que faríamos a região das vinícolas em uma outra oportunidade com calma. Nesta viagem separamos uma noite em Napa Valley!! Gastamos 3 horas de carro de South Lake Tahoe até a primeira vinícola!! Já chegamos no fim da manhã. No inverno escurece na Califórnia antes de 5 horas. O dia fica muito curto.

A região é linda e com muitas vinícolas bacanas para visitar. Escolhemos duas para não ficar corrido, almoçamos em Yountville. Dormimos em Napa!! A noite de Napa é bem agitada com muitos bares e restaurantes ao longo do rio que corta a cidade.

3153

3127

Saímos cedo de Napa em direção ao sul desta vez. Dirigimos por 3 horas. Queríamos passar o dia em Carmel. Na primeira viagem para a Califórnia, dormimos em Carmel mas chegamos no fim da tarde após passar o dia em Monterey e 17 Mile Drive. Desta vez chegamos bem cedo, por volta das 10 horas da manhã e conseguimos curtir bastante esta cidade imperdível!! Fomos na praia, o dia estava lindo!! Percorremos as ruas e descobrimos cantinhos charmosos escondidos. Fomos em um Wine Tasting Room e almoçamos em um restaurante bem bacana que recomendo. Tree House Cafe!!

3519 (2)

Deixamos a cidade por volta das 3 da tarde em direção a Solvang. Gastamos mais do que as 3 horas que estavam previstas. Cidade pequenina que fica no Santa Ynez Valley. Queríamos ter conhecido quando estávamos visitando Santa Bárbara também na outra viagem mas não deu tempo!! Ficamos em um Holiday Inn bem charmoso com café da manhã incluso mas decidimos conhecer um danish breakfast fora do hotelA cidade tem influência dinamarquesa. Dormimos lá e batemos perna pela manhã na cidade. Estava bem frio!! Vale a visita!!

3828

A estrada de Solvang até Santa Bárbara é bem bonita. Contorna as montanhas e margeia a costa do Pacífico. Dirigimos por 4 horas neste dia até Palm Springs onde passaríamos o Réveillon com uma outra família de amigos. Reservamos o mesmo hotel em Palm Desert. Ficamos no Holiday Inn com café da manhã incluso. A região é um oásis no meio do deserto. As montanhas, com algumas delas com o topo coberto de neve, criam um cenário com bastante contraste. Ficamos 2 noites, mas a região oferece atrações para muito mais dias.

4009

4097

Queríamos ter visitado o Joshua Tree Park mas achamos que ficaria corrido demais. Adoramos o nosso passeio no alto das montanhas em San Jacinto Park. Este passeio pelo parque tem o acesso pelo maior teleférico giratório do mundo. Imperdível para quem vai na região – Palm Spring Aerial Tramway.

4449

Acordamos não tão cedo no dia de virmos de volta para Houston. Não tínhamos tanta pressa e assim dirigimos menos no primeiro dia comparado com a viagem de ida. Jantamos em El Paso em um restaurante vietnamita bem gostoso. Pho Tre Bien!! Dica do Yelp!! Dormimos no Days Inn em Van Horns com café da manhã incluso. Reservamos pelo hotwire. Achei caro e bem simples mas não queríamos dirigir mais para encontrar outro com melhor custo benefício. Chegamos em Houston no dia seguinte por volta de 4 horas da tarde. Valeu demais a roadtrip!!

Até o próximo post!!

 

 

Escola no Texas – Rezoneamento!!

Escola é uma das maiores preocupações para quem se muda para uma nova cidade e mais ainda para um novo país. Entender um pouco sobre como funciona a escola pública americana diminui um pouco o stress na mudança.

Para quem está chegando nos EUA ou ainda pensa em se mudar para Houston precisa compreender que quem coordena as escolas públicas é o distrito escolar. Cada cidade tem um distrito escolar que administra um conjunto de escolas. Em Houston temos o Houston ISD, em volta de Houston temos o Alief ISD, Spring ISD, Cy-Fair ISD, Katy ISD e muitos outros. Todos estes são distritos escolares independentes com suas próprias características individuais que seguem as diretrizes do Estado.

As escolas públicas, como já falei em outros posts, possuem uma zona delimitada de cobertura na vizinhança (attendance zone). Após uma pesquisa sobre os distritos escolares e buscando escolas com excelentes avaliações e reviews, o interessado deve alugar uma casa ou comprar na zona escolar da escola para poder estudar nela. Existem algumas exceções e programas. Nos sites dos distritos escolares é possível com o endereço em mãos pesquisar a escola designada. Como eu moro em Katy. Vou pesquisar no site Katy ISD. Coloca o endereço e eles mostram a escola e os limites de cobertura desta escola. As escolas não têm como recusar estes alunos mas criam assim um outro problema, o de super lotação.

O distrito escolar precisa resolver esta superlotação com a criação de novas escolas e/ou uma melhor distribuição dos estudantes entre as escolas do distrito – Rezoneamento!! Que nada mais é do que a alteração da zona escolar (Attendance Boundary Modification – ABM). Os estudantes tem que mudar de escola para tentar equilibrar o número de estudantes entre as escolas.

Vou tentar explicar como funciona o rezoneamento das escolas aqui no Texas pois é onde nós moramos.

Algumas escolas se encontram com o número bem acima da capacidade do que que elas foram projetadas para acomodar. Isto ocorre com maior frequência em algumas regiões com o surgimento repentino de complexos de apartamentos e sem controle. A escola foi projetada para atender aquele conjunto de casas e apartamentos existentes e de repente surgem complexos de apartamentos nos locais que eram casas com muitas novas famílias. Isto acontece muito em Houston. O problema nesta situação é que Houston não tem muita uniformidade. Escolas excelentes estão próximas de escolas ruins. E os casos de rezoneamento não são bem recebidos pelos pais.

O distrito escolar costuma colocar algumas salas externas bem equipadas com toda a estrutura necessária como forma de expansão para tentar resolver este problema de super lotação temporária.

iphone 2024

Várias salas externas provisórias em uma Junior High perto da minha casa.

As escolas tentam direcionar estes estudantes, principalmente os novos alunos, para outras escolas próximas para tentar diminuir o excesso de alunos. Muitos pais se recusam e com razão pois não foi a escola que eles tinham pensado e firmado contrato com a casa ou apartamento. Lembrar que a escola nem sempre anuncia este direcionamento com antecedência. A melhor opção é o rezoneamento definitivo. Os pais já estarem cientes que no próximo ano o filho será definitivamente rezoneado para uma nova escola. Neste meio tempo é escolha dos pais ficar neste endereço da casa e assim com a nova escola ou não. Sim!! Dor de cabeça!! Escuto todos os dias sobre rezoneamento.

Nos subúrbios acontece diferente pois há um crescimento progressivo com a criação de novos condomínios de casas e apartamentos. As escolas são bem uniformes e refletem muito bem a comunidade que vive próximo a ela. Existem muitas áreas livres para a criação de novas escolas. As empreiteiras tem um interesse grande em oferecer para este novo morador uma excelente escola pública em um excelente distrito escolar.

Moro em Katy, subúrbio de Houston. O crescimento na região está muito acelerado. É considerado o terceiro distrito escolar que mais cresce no Texas. Novas escolas estão sempre sendo criadas para acomodar todos estes novos moradores.

2014-11-03 FINAL-DDBooklet.indd

Quando nós nos mudamos a escola que constava no site da corretora era outra pois o site estava desatualizado e a casa já tinha sido rezoneada. Checa direitinho no site da escola ou do distrito escolar antes de fechar o contrato. Percebemos antes de fechar o contrato quando fomos visitar a escola. Ficamos com a casa mesmo assim pois a nova escola era muito boa também mas pode não ser assim.

Já recebemos um comunicado do distrito escolar que serão criadas mais duas novas escolas elementary e uma junior high em 2016 em Katy. E já foi anunciado um grande novo rezoneamento na região para redistribuir melhor os estudantes entre as escolas já existentes para aliviar algumas escolas que estão com um número bem acima do aceitável. Algumas escolas elementary e junior high terão o rezoneamento certo para o próximo ano pois a superlotação excede. Alguns alunos terão que ir para outras escolas próximas e em outras escolas o excesso de alunos serão redirecionados para estas novas escolas.

A projeção do número dos estudantes nos próximos anos mostra que o problema será uma constante em todo o distrito escolar de katy. Este terá que constantemente encontrar solucões. Uma nova escola só é criada quando ela é preenchida 100% de sua capacidade. Até lá a superlotação nas escolas é um problema real.

Exemplo abaixo de um rezoneamento com a criação da escola 38. Esta nova escola , a oeste, próxima a Woodcreek, Randolph, Wolman e Davidson, aliviará a superlotação real bem acima do aceitável principalmente nestas escolas. As escolas Rylander e West memorial Elementary que também se encontram em uma situação crítica de superlotação não terão parte de seus alunos em uma nova escola mas serão redirecionados para uma outra escola próxima. E assim acontece com outras escolas do distrito escolar de katy.

Por volta de janeiro/fevereiro de 2016 as famílias serão notificadas com as novas mudanças nas zonas escolares. Aproximadamente 3600 estudantes serão envolvidos neste rezoneamento.

 AttendanceZones_Landlocked2

AttendanceZones_Elem38_Rec_lg

Tem como fugir do rezoneamento? Não tem como prever como o distrito definirá os limites mas morar nas bordas dos bairros aumentam as chances caso ocorra um rezoneamento na região.

No geral, os sites dos distritos escolares tem sempre informações a respeito do assunto.  Para quem mora ou tem interesse em morar em Houston, Katy ou qualquer outro subúrbio recomendo obter mais informações de quais áreas/escolas estão mais cheias. Para maiores informações nas mudanças das zonas em Houston, aqui. Mais informações sobre o rezoneamento em Katy, aqui. Procure se informar antes de se mudar. Moro em Katy e daqui eu posso afirmar que o distrito escolar é muito bom e as escolas na parte sul de Katy se destacam atraindo cada vez mais moradores. Fico feliz que a escola dos nossos filhos não terá rezoneamento em 2016.

Espero ter ajudado!!